segunda-feira, 21 de junho de 2010

O que fazer se não tiver dinheiro para pagar o pedágio?


“Como você vai fazer se não tiver dinheiro para pagar o pedágio? A solução existe e é muito simples. “Boleto para pagamento posterior. “


Recebi esta informação por e-mail, bom como toda utilidade pública achei interessante, mas daí a dúvida isso realmente procede? Pois bem entrei em contato com varias concessionárias de pedágio do país e logo abaixo confira o resultado.

Menssagem que está circulando.

Meus amigos e amigas:

Vou dar um depoimento pessoal e gostaria que esta informação fôsse divulgada...

Na última sexta feira, 26.02.2010, voltando de viagem de Sao José do Rio Preto SP, para quem conhece a Rodovia Washington Luis, há um Posto chamado Catelo ou Castelinho.
Parei para abastecer e pegar dinheiro para pagar os pedágios faltantes até SP de repente, meu cartao travou na boca do caixa eletrônico e fiquei apavorado por não contar com dinheiro vivo.
Quando sai do Caixa do Banco havia, nas proximidades, um Policial Rodoviáro e perguntei para ele como deveria proceder.

AQUI VAI A, EXCELENTE, ORIENTAÇÃO QUE RECEBI E AGRADEÇO:

"SEGUE VIAGEM E QUANDO ESTIVER NO PEDÁGIO, DIZ QUE ESTÁ SEM DINHEIRO.
SEM QUALQUER PROBLEMA OU CONSTRANGIMENTO, ELES EMITIRÃO UM BOLETO PARA VOCÊ PAGAR MAIS TARDE.


FOI EXATAMENTE O QUE ACONTECEU. FOI PERFEITO!

Voltei a SP com vários boletos (para os 4 Pedágios que faltavam para chegar à Capital), para esta semana ir ao banco e pagá-los, normalmente.

Quantos de vocês sabiam ou sabem disto?

Porque o Poder Público não nos passa esta informação?

Espero que esta informação os ajude porque, realmente, é de UTILIDADE PÚBLICA.

Esta norma se aplica a qualquer Estrada ou Rodovia do País.

Portanto, na próxima viagem, se você ficar sem o dinheiro do Pedágio, não se apavore...

Passe no Pedágio e peça o BOLETO PARA PAGAMENTO POSTERIOR que eles emitem na hora.

E, EXCELENTES VIAGENS !!!!!!"




Pois bem entrei em contato com algumas concessionárias de pedágio do país, logo abaixo confira a resposta das concessionárias a respeito do assunto:


Concessionária Nascente das Gerais em Minas Gerais.
Resposta:
Prezado Isaque,
Protocolo de atendimento 1724
Em atenção ao seu contato, a Concessionária Nascentes das Gerais esclarece que atualmente a Concessionária faz a emissão de Reconhecimento de Divida ( RD´s ) via sistema, uma vez expirada a tolerância de 72 horas para pagamento, contadas a partir do momento da emissão, o documento é automaticamente encaminhado ao DER, para aplicação de multa.
A única forma de quitar a dívida, é por meio do pagamento na praças de emissão da Nascentes das Gerais dentro do prazo determinado (72 horas), como está detalhado no documento assinado pelo usuário. No entanto este procedimento é permitido apenas para usuários desprovido de dinheiro por motivo de assalto, apresentado o BO no dia do ocorrido.

Tamires Silva
Assistente de Ouvidoria
(37)3229-0073



CONCER - Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora - Rio
Resposta:
Prezado Sr. Isaque,
Em atenção ao seu registro, informamos que esta Concessionária, responsável pela administração do trecho concedido da BR-040 entre as cidades do Rio de Janeiro/RJ e Juiz de Fora/MG, não aceita forma de pagamento de tarifas de pedágio através de emissão de boleto bancário. Esta Ouvidoria está à disposição para qualquer outro esclarecimento.
Sem mais para o momento, apresentamos votos de elevada estima.
Atenciosamente,

Ouvidoria
CONCER - Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora - Rio
Rodovia Washington Luiz - n°13.892 - Jardim Primavera
Duque de Caxias - Rio de Janeiro - Cep: 25.213.005
Tel.: (21) 2676-1400 - Fax: (21) 2676-4180

Concessionária CONCEPA (Free Way) - Rio Grande do Sul
Resposta:
Boa tarde, Senhor Isaque,
Na Concepa, existem diversas formas de efetuar o pagamento de pedágio. Os diferentes meios são definidos pela Concessionária, não havendo no contrato com o Governo Federal qualquer procedimento obrigatório para a cobrança.
A Concepa, por questões de operação da rodovia, coloca à disposição dos usuários os seguintes meios, que são fiscalizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres:
- moeda nacional (reais);
- vale pedágio (Visa, Dbtrans);
- cheque;
- chip Auto Expresso(pré pago ou pós pago).
É importante ressaltar que o boleto de cobrança não faz parte dos meios de pagamento aceitos pela Concepa.

Juliana dos Santos| Ouvidora
Triunfo | CONCEPA
Rua Voluntários da Pátria, 4813 CEP 90230-011 Porto Alegre RS
E-mail: ouvidoria@concepa.com.br | DDR 51 3027 7401 | Fone/Fax 51 3027 7400


Concessionária CIBE - UNIVIAS - Rio Grande do Sul
Resposta:
Sr. Isaque
Em resposta a sua solicitação, informamos que em nossas Praças de Pedágio, a forma de passagem pela via de cobrança se dá a partir do pagamento da tarifa com cheque ou dinheiro, se o usuário não tiver, é orientado a retornar.
Att
Patricia/Ouvidoria do Univias




Concessionária Régis Bittencourt Grupo OHL - São Paulo.

Resposta:
Sr. Isaque, Bom dia!
O Contrato de Concessão não prevê um meio de pagamento caracterizado pelo boleto bancário. Não temos esta opção. O que existe é um plano de excepcionalidade para atendimento ao usuário que chega até a praça de pedágio sem dinheiro, plano este que trata especificamente e de forma individualizada cada caso. Este processo, contudo, não contempla o atendimento de reincidências por se tratar de situação de contingência.
Nessas ocorrência, o usuário precisará contar com o auxilio da equipe na praça em questão, que colherá seus dados para a eventual elaboração do boleto correspondente que será realizado na Sede da Concessionária, por não haver meios disponíveis na Praça de Pedágio. Assim, dada a excepcionalidade do assunto, isso somente se dá uma única vez e, em caso de não pagamento do boleto, existe a penalização com multa por evasão de pedágio.
Atenciosamente
Ouvidoria
Rod. SP-139, nº 226 São Nicolau
CEP 11.900-000 Registro/SP



Concessionária CART cart.invepar – São Paulo
Resposta:
Prezado Isaque
Em atenção ao seu questionamento abaixo, esclarecemos o que segue.
O contrato de concessão, estabelece 3 formas de pagamento do pedágio:
· Dinheiro
· Vale Pedágio
· Meio Eletrônico (Sem Parar)
Como as concessionárias são empresas distintas entre si, algumas utilizam outras formas de pagamento, como smart cards ou até mesmo cheques.
Porém, há ocasiões em que o motorista não dispõe de dinheiro para pagamento do pedágio. Neste caso, contratualmente falando, o usuário deveria dar meia volta e retornar. Entretanto, algumas concessionárias criaram mecanismos para evitar esse tipo de situação, sendo um deles o boleto.
No caso da CART, o condutor pode retornar, ou assinar um RD – Reconhecimento de Dívida, no qual se compromete a retornar na praça de pedágio em até 15 dias para efetuar a quitação. Porém o sistema permite a emissão de apenas 1 para cada veículo, ou seja, enquanto o pendente não for quitado, outro não pode ser feito.
Atenciosamente.
Maurício Goes
Ouvidor/CART
Fone:(14) 3104-2395
Concessionária Auto Pista Litoral Sul Grupo OHL - Santa Catarina
Resposta:
Prezado Sr. Isaque,
Em resposta a seu e-mail temos a informar que a Concessionária não dispõe deste sistema de boletos. Cada caso será analisado individualmente na hora, juntamente com o controlador da praça, caso o usuário não tenha como pagar poderá fazer o retorno.
Agradecemos o seu contato e comunicamos que suas informações foram registradas em nosso sistema para que possamos melhorar nosso atendimento aos usuários de nossas rodovias.

Atenciosamente,
Leila Rengel
Assistente de Ouvidoria
Rua Ministro Calógeras, 343 - CEP:89202-207 - Bucaren - Joinville - Santa Catarina
Tel.: (47) 3177-0700 - Fax.: (47) 3177-0701





Como você puderam ver na maioria dos casos essa opção e realmente válida, porém nem todas aceitam essa forma de pagamento, fica então a critério de cada concessionária. Mais uma informação de utilidade Pública do UEBBA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...