quinta-feira, 10 de junho de 2010

Carro Rebaixado dentro da lei.

 

A pedido do leitor Bruno, estarei colocando aqui um post sobre regulamentação de Xenon, Turbo e Rebaixamento. Bom o post se divide em três etapas; a 1º é sobre rebaixamento.

Carro Rebaixado dentro da Lei.
Segundo o jornal "Gazeta do povo" Desde a última quinta-feira (1.º de maio), o motorista que quiser mexer na suspensão estará liberado tanto para baixar a altura do carro como para elevá-la, desde que o sistema usado não seja regulável. Até então, apenas veículos utilitários podiam ter a suspensão alterada.
Para isso, o proprietário do veículo deverá pedir autorização prévia ao Detran-PR antes de fazer a modificação e, em seguida, submeter o automóvel à inspeção em um dos organismos credenciados pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), que por sua vez irá emitir um Certificado de Segurança Veicular. A resolução 262 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que liberou a alteração neste tipo de característica do carro, ainda exige que a nova altura seja especificada no documento do carro, que precisará ser refeito.
Mas há restrições na modificação do veículo. Segundo Cícero Pereira da Silva, coordenador de Registro de Veículos do Detran-PR, será possível usar apenas suspensão fixa (esportiva, por exemplo) para fazer a alteração. Ou seja, os sistemas móveis de rosca (com mudança manual) e a ar (através de um controle no painel) continuam proibidos.
Fique atento
A resolução 262 do Contran liberou apenas rebaixar ou elevar o carro com suspensão fixa. Outros sistemas continuam proibidos:
LIBERADO
Fixa – Se for esportiva, é mais baixa que a suspensão original do veículo entre 3 cm e 7 cm. Nos veículos off-road, será possível elevar a suspensão. É trocada apenas a mola original do carro.
PROIBIDO
A Ar – Sistema regulável em até 12 cm. Basta o motorista apertar um botão que a suspensão sobe ou desce. É adaptado um sistema de air-bag no lugar das molas originais e essas bolsas oscilam levantando e abaixando o carro.
Com rosca – Sistema manual que também permite elevar em até 12 cm. O prato da mola é trocado por um que oscila em um tubo de rosca, tanto para cima como para baixo. Como tudo será feito manualmente, o veículo precisa ser levantado.

Ta aí então Bruno, a matéria sobre rebaixamento.

fonte:
www.gazetadopovo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...